/ Proprietários

ABC Paulista: porque é promissor e como aumentar sua rentabilidade

O ABC possui um mix de imóveis que atende a todos os gostos e necessidades.

A região do Grande ABC sempre foi um exemplo de desenvolvimento. A grande quantidade de indústrias, principalmente, faz com que a área, mais conhecida por Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul, mas que também engloba cidades como Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, esteja sempre em destaque no cenário econômico do estado. Quando o foco é o mercado imobiliário, isso não poderia ser diferente. O ABC possui um mix de imóveis que atende a todos os gostos e necessidades.

Pela proximidade da capital, é sempre uma opção de moradia e investimento, mas está longe de ser somente dormitório. Grande parte da população de São Bernardo, por exemplo, trabalha na própria cidade, devido ao crescimento do comércio e dos espaços para empresas da região. Este novo polo comercial já vem sendo desenvolvido a partir da sua malha urbana. São inúmeros pontos de São Bernardo do Campo que estão, neste momento, passando por reforma, melhorias, sendo alargadas

A chegada da UFABC (Universidade Federal do ABC) teve um impacto positivo, pois reforçou a vocação da região de formação de profissionais de diversas especialidades, na região ainda estão importantes campos universitários como a Metodista, FEI, Fundação Santo André, Mauá, entre outras. Os estudantes, vindos de outras cidades do Brasil, se instalaram na cidade, proporcionando grande movimentação em apartamentos e casas e se renovam a cada semestre e potencializam o mercado de locações.

Uma pesquisa das 100 melhores cidades com menos de um milhão de habitantes para investir em imóveis indicou São Bernardo do Campo como a cidade com mercado imobiliário mais atrativo do Brasil. Na segunda posição do ranking está Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul e em terceiro lugar aparece Santo André (veja a lista completa).

Não é à toa que o mercado de locação caminha na contramão da crise. “Percebemos no ABC uma procura por imóveis para locação acima da média de outras regiões de São Paulo. Além disso, temos locados em poucos dias imóveis que estavam parados. Muito se deve a um crescente otimismo, mas esta melhora também se deve ao novo formato de locação que oferecemos” comenta Edison Ferreira, Presidente e Co-Fundador da Lokkan Serviços Imobiliários.

Recentemente, uma matéria da TV Globo apontou profissões que teriam seu fim anunciado com o avanço da tecnologia. Entre elas, a maioria de consultores, estavam os corretores imobiliários.

A reflexão é boa. A profissão só irá acabar para aqueles que não se atualizarem. O Portal SP Imóvel realizou uma pesquisa com mais de 2.000 proprietários onde foram questionados se preferem à venda direta ou com intermediação de um corretor. A resposta foi quase unânime: mais de 95% optaram pela venda com a intermediação do profissional. Isso mostra que ainda há espaço para esse consultor, mas não podemos negar a necessidade de se modernizar.

Pensando nisso, a Lokkan tem capacitado corretores para trabalhar com um novo formato de negócio, o seguro fiança grátis, apoiado por uma plataforma de locação de imóveis totalmente online.